Fevereiro 28, 2021

Música e poesia aninam Casa Fernando Pessoa até ao final do ano

Casa Fernando Pessoa vai ter três novos livros que pertenceram ao poeta

Noites de Jazz e Poesia e Aulas de Poesia Mundial são algumas das iniciativas até ao final do ano, na Casa Fernando Pessoa (CFP), em Lisboa, depois da reabertura no passado dia 29 de agosto. A poesia de Judith Teixeira (1880-1959), autora contemporânea de Pessoa, abre a programação, na próxima quinta-feira, às 18h230, no âmbito do ciclo “Aulas de Poesia Mundial”, no auditório da Casa Fernando Pessoa, “dadas por especialistas e apresentam poetas representados na coleção dos livros que pertenceram a Fernando Pessoa”, segundo informação da CFP à agência Lusa.

Já estamos no Instagram. Junte-se a nós aqui

A aula sobre a autora dos poemas “A Minha Colcha Encarnada” e “Sinfonia Hibernal” é apresentada por Fernando Cabral Martins, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Dois dias depois é abordada a poesia da norte-americana Emily Dickinson (1830-1886), da qual saiu recentemente, em Portugal, “Poemas Envelope”, numa tradução de Mariana Pinto dos Santos e Rui Pires Cabral. A leitura dos poemas de Dickinson está a cargo de Lígia Soares.

Leia ainda: A Padaria do Povo: do pão mais barato do passado, aos petiscos do presente, passaram 116 anos de história

As Noites de Jazz e Poesia realizam-se nos dia 6 e 7 de novembro, apresentadas pela CFP como “noites de diálogo entre a poesia em português e inglês e a música improvisada”. No dia 6, “apresentam-se quatro duetos com a poesia a marcar passo” e, no dia seguinte, “improvisação coletiva de quatro músicos com intervenções pontuais dos escritores”.

Leia também: O lago que atravessa gerações e fica no “coração” de Campo de Ourique

Estas noites são organizadas pelo editor e tradutor Miguel Martins e contam com os autores ingleses Richard Price e Miriam Nash e com os portugueses Ricardo Marques e Filipe Homem Fonseca. A música fica a cargo de João Pedro Viegas (clarinete baixo), João Camões (viola d arco), Mário Rui (bateria) e Rui Godinho (piano). A programação será registada e “disponibilizada mais tarde”, ou transmitida em direto via Internet, como acontece com a aula sobre Emily Dickinson.

Fonte: Lusa

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*