Novembro 27, 2021

Falsas reservas nos restaurantes: é hora de acabar com elas e só depende de nós

falsas reservas

As falsas reservas em restaurantes não são um problema de agora, mas neste período em que se vive uma fase de maior normalidade, e com a restauração a tentar recuperar dos tempos complicados provocados pela pandemia da Covid-19, cabe a nós todos fazermos o que está ao nosso alcance para não prejudicar a retoma do setor. E isso passa, por exemplo, por respeitar quem depende do seu negócio para fazer a sua vida, pagar contas, ordenados, etc. É uma questão de civismo não marcar mesas que se sabe que não se vai usar, ou nem sequer avisar o restaurante onde se fez uma reserva que afinal não vai poder comparecer. O Pigmeu, como muitos outros negócios semelhantes, dentro e fora de Campo de Ourique, tem sofrido com esta questão.

Falsas reservas nos restaurantes: é hora de acabar com elas e só depende de nós

“Ultimamente temos tido vários no-shows, reservas que não aparecem ou cancelam na hora da reserva. Sobretudo em noites mais concorridas, onde tivemos que recusar várias pessoas para guardar uma mesa para alguém que decidiu não aparecer. Numa altura de recuperação em que tentamos ganhar fôlego, numa só noite, tivemos 9 pessoas de diferentes mesas, que decidiram não aparecer. Ora, essas 9 pessoas fizeram com que recusássemos outras mesas, causando um prejuízo de 30% numa só noite (uma vez que ocupariam 3 das 10 mesas que temos). Por isso, quando fizerem a vossa reserva, façam-na em consciência e com respeito pelas pessoas que deste lado trabalham para vos acolher. Se veem que há algum problema, avisem-nos o mais brevemente possível, assim podemos encontrar uma solução e aceitar outras reservas.

Veja também: 26 projetos que abriram em Campo de Ourique nos últimos meses

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*