Julho 22, 2024

Imperial de Campo de Ourique entre as melhores tascas

Imperial de Campo de Ourique entre as melhores tascas

A Imperial de Campo de Ourique, uma das muitas paragens obrigatórias no bairro, voltou a ser distinguida quando se fala das melhores tascas de Portugal. Agora, foi no concurso Tascando, que decorreu durante o mês de maio nas cidades de Lisboa e do Porto. As tascas inscritas, 20 em Lisboa e 19 no Porto, apresentaram um prato ou petisco para ser avaliado pelo júri e pelos clientes.

Leia ainda: Nesta Fábrica pode comer toda a picanha que conseguir por menos de 19 euros

As primeiras quatro classificadas foram todos estabelecimentos do Porto, com a vencedora a ser a Adega São Pedro, seguida da Casa Pereira, da Tasquinha Rebelo e da Tasquinha dos Guindais. Em quinto lugar surge a Imperial de Campo de Ourique, que fica no número 67, da Rua Correia Teles.

“A adesão do grande público excedeu em larga margem a nossa expectativa para esta primeira edição do Tascando. Com um incremento médio de 20% na faturação das tascas participantes, sentimos que fizemos o nosso trabalho para realmente mostrar aos portugueses o que de melhor se faz na cozinha de raiz popular e familiar”, afirmou Miguel Moreira, Coordenador do Tascando.

Imperial de Campo de Ourique entre as melhores tascas

A avaliação das tascas teve em consideração o atendimento, o serviço da bebida, a higiene do estabelecimento e o próprio petisco ou prato, este com 70% no peso da votação. O júri e o público tiveram, cada um, 50% do peso dos votos, sendo que o voto popular foi realizado através de urnas de voto presentes nas 39 tascas aderentes.

Estamos à sua espera no Instagram. Junte-se a nós aqui.

Recorde-se que a Imperial de Campo de Ourique já tinha feito parte do livro “As 50 Melhores Tascas de Lisboa”, do jornalista Tiago Pais, expert em comida, e em 2021 recebeu a distinção de Loja com História, que é um projeto que surge no âmbito de um programa criado pela Câmara Municipal de Lisboa em Fevereiro de 2015 e que tem como prioridade trabalhar com o comércio tradicional e histórico da capital.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*